Estudo de viabilidade de um negócio: por que e como fazer?

Estudo de Viabilidade de um negócio funcionários conversando

Estudo de viabilidade de um negócio é a avaliação da praticidade do planejamento proposto para um empreendimento. Esse diagnóstico deve conter respostas detalhadas para os questionamentos sobre o projeto apresentado.

Para fazer um bom estudo de viabilidade de um negócio, é necessário seguir algumas etapas pré-definidas, assim como hierarquizar as informações a serem analisadas.

Desde já, temos alguns exemplos de perguntas que devem ser respondidas: você tem tecnologias, pessoas, ferramentas e recursos necessários para executar seu projeto? Ele pode alcançar o ROI esperado?

A partir dessa fase inicial, muitos outros questionamentos surgirão em consequência das resoluções obtidas. Estruturar esse conteúdo poder ser uma tarefa cansativa, porém muito necessária para o andamento do processo.

Estudo de viabilidade do negócio: siga algumas etapas para conduzir o seu

1. Análise Preliminar

Comece delineando seu plano. Antes de mais nada, é preciso se concentrar em uma necessidade não atendida, um mercado onde a demanda é maior do que a oferta e se o produto ou serviço tem uma vantagem distinta. Em seguida, determinar se os obstáculos são muito altos para serem superados.

2. Prepare uma declaração de renda projetada

Esta etapa requer que você trabalhe no sentido contrário. Comece com o que espera que seja a receita do projeto e, em seguida, qual investimento é necessário para atingir esse objetivo. Esta é a base de uma demonstração de resultados. Os itens a serem considerados aqui incluem: serviços necessários e quanto custarão, ajustes nas receitas, como reembolsos, etc.

3. Realizar uma pesquisa de mercado

Essa é a chave para o sucesso do seu estudo de viabilidade, portanto, aprofunde este material o máximo possível. Esta fase é tão importante que, se sua organização não tiver os recursos para fazer um trabalho adequado, torna-se essencial terceirizar uma empresa para fazê-lo.

A pesquisa de mercado fornecerá a imagem mais clara das receitas que você pode esperar – de maneira realista. Alguns aspectos a serem considerados são a influência geográfica no mercado, análise dos concorrentes, valor do mercado e sua participação, e se ele está aberto para expansão (ou seja, resposta à sua oferta).

Saiba como realizar uma pesquisa de mercado com sucesso

4. Planejar a Organização e Operações de Negócios

Estudo de viabilidade de um negócio mesa pessoas notebook gráficos

Uma vez que as bases das etapas anteriores foram estabelecidas, é hora de configurar a organização e as operações do empreendimento comercial planejado.

Este não é um esforço superficial e amplo. Ao contrário, deve ser completo e incluir custos iniciais e operacionais, assim como investimentos fixos. Essas despesas podem incluir equipamentos, merchandising, imóveis, pessoal, suprimentos e gastos gerais.

Clique aqui para baixar um e-book de investimento para iniciantes

5. Prepare um balanço de abertura

Essa etapa inclui uma estimativa dos ativos e passivos, que deve ser muito precisa. Para fazer isso, crie uma lista que inclua: itens, fontes e custos, juntamente com o financiamento disponível.

Os passivos a serem considerados são, por exemplo, arrendamento ou compra de terrenos, equipamentos, financiamento de ativos e contas a receber.

6. Revise e analise todos os dados

Todas essas etapas são importantes, em contrapartida, revisão e análise são determinantes para garantir que tudo esteja como deveria estar e nada precise ser alterado ou ajustado.

Portanto, pare um momento para revisar seu trabalho uma última vez. Reexamine suas etapas anteriores, como a demonstração de resultados, e compare-as com suas despesas e responsabilidades. A ideia ainda é realista? Este também é o momento de pensar sobre riscos, afinal, é preciso analisar e gerenciar, além de ter em mãos quaisquer planos de contingência.

7. Tome uma decisão

Agora chegou o momento de decidir se o projeto é viável ou não. Isso parece simples, porém não é: todas as etapas anteriores levaram a este ponto de tomada de decisão.

Algumas outras questões a considerar antes de fazer essa escolha são se o compromisso vale o tempo, esforço e dinheiro, e se está alinhado com os objetivos estratégicos da organização e aspirações de longo prazo.

Existem muitas etapas e aspectos para o estudo de viabilidade de um negócio. Por exemplo, se você deseja que o seu seja preciso e preveja corretamente se o projeto é factível, então é necessário ter uma compreensão clara de todas as suas partes dinâmicas.

CTA BLOG 1 2 3

Tipos de estudo de viabilidade de um negócio

Lista checks atividades

Existem cinco tipos de estudo de viabilidade de um negócio – áreas distintas que a análise examina, como você poderá ver abaixo:

Viabilidade técnica

Esta avaliação ajuda as empresas a determinarem se os recursos técnicos atendem às necessidades, e se a equipe é capaz de converter as ideias em sistemas de trabalho. Da mesma forma, a viabilidade técnica envolve a avaliação do hardware, software e outros requisitos do sistema proposto.

Viabilidade econômica

Essa avaliação normalmente envolve uma análise financeira do projeto, ajudando as empresas a determinarem viabilidade, custo e benefícios associados a um projeto antes que os recursos financeiros sejam alocados.

Também serve como uma avaliação independente do planejamento e aumenta a credibilidade do mesmo – ajudando os tomadores de decisão a determinarem os benefícios econômicos que serão proporcionados no projeto.

Viabilidade Legal

Esta avaliação investiga se algum aspecto do projeto proposto está em conflito com requisitos legais, como leis de proteção de dados, por exemplo. Digamos que um empresário deseja construir um novo prédio comercial em um local específico. Um estudo de viabilidade pode revelar que a localização ideal da organização não é a ideal para esse tipo de negócio, economizando tempo e esforço consideráveis.

Viabilidade Operacional

Esta avaliação envolve a realização de um estudo para analisar e determinar se – e quão bem – as necessidades da organização podem ser atendidas com a conclusão do projeto. Os estudos de viabilidade operacional também examinam como um plano de projeto satisfaz os requisitos identificados na fase de estudos do desenvolvimento do sistema.

Viabilidade de agendamento

Esta avaliação é a mais importante para o sucesso do projeto, afinal, ele irá falhar se não for concluído a tempo. Na viabilidade do cronograma, deve ser estimado quanto tempo o projeto levará para ser concluído.

Quando todas essas áreas foram examinadas, a análise de viabilidade ajuda a identificar quaisquer restrições que o projeto proposto possa enfrentar, incluindo as que estão logo abaixo:

  • Internas: técnicas, tecnologia, orçamento, recursos;
  • Corporativas Internas: financeiras, marketing, exportação;
  • Externas: logística, meio ambiente, leis e regulamentos.

Atenção aos cuidados necessários

Estudo de viabilidade de um negócio mulher notebook dados gráficos visual

De antemão, se você pretende empreender, já deve saber que esse é um processo lento e que requer muito estudo, paciência e disciplina. Uma consultoria de viabilidade também é essencial para a idealização e criação do seu projeto. Alguns dos cuidados essenciais ao considerar abrir um negócio são:

Pesquisa de mercado: seja bem específico ao realizar a sua pesquisa. É necessário que seja o mais rica e completa possível, contendo informações demográficas aprofundadas; fontes selecionadas a dedo de acordo com o nicho em que planeja se inserir; análise competitiva que te traga vantagens no mercado, dentre outras informações;

Planejamento financeiro: depois de analisar os gastos e investimentos necessários, assim como identificar em quais áreas será possível economizar, é fundamental escolher qual será a metodologia para poupar recursos;

Administração com foco: uma gestão estratégica deve considerar todos os aspectos do negócio, sem dar nenhum passo despreparado para o que pode acontecer a seguir, assim como os cenários negativos;

Gestão de pessoas: avalie as forças e fraquezas de todos os colaboradores da sua equipe, dessa maneira será possível mensurar as oportunidades de desenvolvimento a que poderão ser oferecidas.

Viabilidade na quarentena

A Covid-19 não impactou apenas saúde, finanças e esfera empresarial, mas também causou sérias ramificações no comportamento social, afinal, a quarentena obrigatória forçou as pessoas a permanecerem em casa por meses. Dessa forma, enquanto milhões ainda lutam para se adaptar ao estilo de vida limitado, outras estão adotando uma abordagem mais pragmática.

Portanto, se você quer empreender, este é o momento para evitar todas as distrações e responder honestamente às perguntas-chave antes de iniciar sua jornada.

Acesse o nosso Guia de sobrevivência em tempos de crise

Decida se isso é algo que você realmente deseja explorar. Neste momento, você pode investir tempo e dedicar sua atenção para aprender se sua ideia tem potencial, bem como o que pode ser necessário para que ela aconteça. Primeiro, coloque-se no espaço certo, estando aberto às possibilidades.

Simultaneamente, pense por que você deseja iniciar um negócio: ser seu próprio chefe? Trazer uma ideia inovadora para o mundo? Ou algo totalmente diferente? Entenda qual é o seu “porquê”, pois isso o ajudará a avaliar o tipo certo de oportunidade.

Planeje o futuro

Um truque para simplificar seus processos é marcar em sua agenda os horários específicos que você dedicará ao planejamento, afinal, esse tipo de visualização muitas vezes ajuda as pessoas a respeitarem os horários e a entrarem na rotina de desenvolver uma ideia. Sob o mesmo ponto de vista, quanto mais você faz do planejamento um hábito, mais confiança você ganha para impulsionar seu negócio.

Da mesma forma, reserve um tempo para encontrar recursos de apoio on-line. Por exemplo, existem muitos webinars, cursos e comunidades on-line para empreendedores, com recursos de mentoria oferecidos para  orientá-lo no processo de planejamento de negócios.

Pesquise o seu mercado

Mulher negra guiando reunião empresarial

Acima de tudo, para ter melhor compreensão da sua ideia de negócio, você precisa fazer uma pesquisa estruturada e completa. É fundamental ter um entendimento claro do mercado, dos concorrentes no espaço, bem como de quem você acha que pode estar interessado em comprar seu produto ou serviço para avaliar o potencial da sua ideia de negócio.

Por fim, passe algum tempo avaliando tudo isso para que você realmente entenda onde pode se encaixar neste espaço.

Faça uma análise dos clientes em potencial

Entender quem serão seus clientes é um elemento definidor do processo de empreendedorismo. Se você não sabe exatamente para quem vai vender, como pode personalizar seus produtos e serviços para eles?

No mundo dos negócios de hoje, entender seus clientes não é um luxo, mas uma necessidade.
Desde já, crie uma persona do seu cliente ideal. Nesta fase, pense em quais podem ser os consumidores perfeitos e identifique os principais atributos demográficos e de interesse:

Quem eles são;
Com o que se importam;
Quanto tempo levam para tomar uma decisão de compra;
Por que eles consumiriam seu produto;
Com qual frequência comprariam de você.

Em conclusão: entendemos que o estudo de viabilidade de um negócio é essencial para um empreendimento em estágio de planejamento, ou que esteja sendo iniciado, possa seguir em frente.

Para criar o seu, são necessárias diversas informações aprofundadas e diferentes tipos de etapas, afinal, como os demais assuntos relacionados aos empreendimentos, o estudo de viabilidade de um negócio é extremamente processual.

CTA BLOG 1 9 3

Gostou deste artigo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram