As 5 fases da Pesquisa de Mercado: do zero ao sucesso!

As 5 fases da Pesquisa de Mercado: do zero ao sucesso!

As empresas que possuem o hábito de coletar dados e informações de maneira eficiente sobre seu mercado conseguem elevar seu desempenho e melhorar os seus processos, obtendo uma excelente vantagem competitiva. Esse é o poder da pesquisa de mercado.

Apesar de ser uma ferramenta empresarial conhecida há muito tempo pelas organizações, ainda hoje, existem empresários que não a utilizam por desconhecerem a metodologia e os benefícios obtidos.

Por conta disso, resolvemos escrever este artigo, mostrando tudo o que você precisa saber para realizar uma pesquisa de mercado eficiente no seu segmento de atuação. Confira!

A importância da pesquisa de mercado

Antes de falarmos sobre como realizar a pesquisa de mercado, vamos entender o porquê ela é tão importante para sua empresa.

Como citado anteriormente, o processo de coleta e análise de informações sobre seu mercado vai ajudar você na tomada de decisões estratégicas, minimizando os riscos do seu negócio não dar certo.

A pesquisa de mercado envolve estudar todo o ecossistema do negócio, entendendo os principais desafios envolvidos, os pontos fortes e fracos da sua empresa, as oportunidades não exploradas e as necessidades dos clientes.

Ao conhecer profundamente o mercado em que está inserido, você terá muito mais chances de inovar de forma eficaz, se diferenciando da concorrência.

De forma resumida, alguns motivos práticos para investir em uma pesquisa de mercado são:

  • determinar a viabilidade de um novo negócio;
  • testar novos produtos e serviços;
  • explorar nichos de mercado desconhecidos;
  • descobrir informações estratégicas para o lançamento de um produto;
  • aprimorar processos internos e gerenciais da empresa;
  • desenvolver estratégias mais competitivas em relação à concorrência;

A princípio, para quem nunca realizou uma pesquisa, pode parecer complicado. Por isso, no próximo tópico veremos as etapas necessárias para a realização da sua pesquisa.

5 fases para realizar uma pesquisa de mercado eficiente

É importante que a pesquisa de mercado seja feita de forma sistemática. Isso significa seguir as fases descritas abaixo para que a coleta de dados seja efetiva.

Também é importante que cada etapa tenha um cronograma específico para que as outras não sejam prejudicadas, já que uma depende da outra.

Vamos a elas.

1 – Identificação do problema

A primeira fase da pesquisa de mercado é a identificação do objetivo a ser alcançado.

Esse objetivo precisa ser determinado de maneira que a pesquisa traga as informações necessárias para a solução do problema.

Alguns exemplos de problemas que podem ser resolvidos através da pesquisa:

  • entender o que os consumidores estão pensando sobre sua marca;
  • procurar as causas das poucas vendas dos seus produtos;
  • identificar a barreira de entrada para um novo produto ou serviço;
  • fazer benchmarking da concorrência para melhorar o posicionamento da sua marca.

Uma boa definição de objetivos vai determinar o tipo e a qualidade das informações que você vai precisar para alcançá-los.

2 – Escolha do tipo de pesquisa

Basicamente, existem dois tipos de métodos de pesquisa de mercado, relacionados à coleta de informações: a qualitativa e a quantitativa.

A sua escolha vai depender de vários fatores como os objetivos da pesquisa, o tipo de informação pretendida, a natureza do público-alvo, prazo e quanto você está disposto a investir.

O método quantitativo fornece informações numéricas sobre o problema abordado, podendo ser usado para medir, por exemplo, o tamanho de um segmento de mercado, a frequência ou comportamentos de compra dos clientes, lembrança de marca, entre outros.

Como o objetivo é quantificar, ela deve seguir critérios estatísticos rigorosos como amostragem, margem de erro, estimativa, desvio padrão etc.

O tamanho da amostra de dados também é muito importante devido ao fato de que a pesquisa quantitativa precisa gerar métricas precisas. A principal ferramenta utilizada são questionários estruturados com perguntas abordando os temas relacionados ao objetivo da pesquisa.

Por ser mais complexa, demandar mais tempo e um orçamento maior, este tipo de pesquisa costuma ser realizada por empresas especializadas.

Já a pesquisa de mercado qualitativa possui um caráter mais exploratório, focado nas percepções dos clientes sobre produtos, serviços e empresas, mas sem quantificá-las.

Seus resultados podem ser usados para entender, por exemplo, as objeções que os clientes têm em adquirir determinado produto, podendo servir de base para uma pesquisa quantitativa mais abrangente.

A vantagem deste método é ser mais barato e rápido.

Um bom exemplo são as degustações promovidas em supermercados, onde os clientes experimentam um produto novo e depois pede-se que ele dê sua opinião.

3 – Determine o método da coleta de dados

A próxima fase no planejamento da sua pesquisa de mercado é definir como serão coletados os dados.

Os dois principais métodos de coleta utilizados são chamados de primários e secundários.

Os dados primários são aqueles que não estão disponíveis, sendo necessário coletá-los, realizando, por exemplo, entrevistas diretamente com o seu público, ou através das respostas obtidas em questionários enviados pela internet.

Os dados secundários, por outro lado, já foram coletados por alguém e podem ser obtidos em fontes externas confiáveis e de fácil acesso, principalmente em portais na internet.

A sua escolha estará relacionada com o objetivo da pesquisa, seu orçamento e o tempo disponíveis para a realização do projeto.

De maneira geral, as pesquisas de dados primários são muito mais caras e demandam mais tempo, por serem construídos de forma personalizada e gerarem resultados objetivos.

4 – Coleta dos dados

Terminadas as etapas relativas ao planejamento da sua pesquisa de mercado, você pode partir para a execução da mesma.

É aqui que ocorre a coleta dos dados necessários para a pesquisa. Deve ser realizada com muito cuidado, pois, qualquer erro pode prejudicar todas as fases posteriores de análise e tomada de decisão, inviabilizando toda a pesquisa.

Por exemplo, se o método escolhido foi a pesquisa primária, é essencial que o pesquisador saiba aplicar os questionários da forma correta, evitando que a sua percepção própria altere as respostas dos participantes.

Se a pesquisa for feita na web, é importante que os questionários sejam testados, para que os respondentes não tenham problemas no momento da resposta e desistam no meio da pesquisa.

Portanto, a preocupação com a qualidade na coleta das informações é fundamental.

5 – Análise dos dados e apresentação dos resultados

Ao término da pesquisa de mercado, você terá um conjunto de dados e informações que precisarão ser analisados para gerar informações úteis para a empresa.

Nessa fase, os dados são organizados, agrupados e codificados. É importante possuir profissionais competentes para realizar este processo, para que os dados possam ser traduzidos da forma correta, sem erros de interpretações.

Ao final, pode ser gerado um relatório contendo a apresentação dos resultados na forma de tabelas, gráficos e comentários dos entrevistadores.

O relatório deve embasar suas conclusões, abrangendo as respostas para os objetivos definidos no início da pesquisa e definindo quais serão as ações a serem tomadas.

Pronto para realizar sua pesquisa de mercado?

Agora você já sabe a importância da pesquisa de mercado para os negócios e as fases necessárias para implementar essa ferramenta na sua empresa.

Ao colocar em prática tudo o que aprendeu aqui, você conseguirá entender se a sua empresa está no caminho certo, atendendo as demandas do seu mercado, bem como as correções necessárias para alavancar seus resultados.

Se você quiser conhecer com mais detalhes como fazer uma pesquisa de mercado na sua empresa, venha conhecer nossa metodologia.

Gostou deste artigo? Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram