Cultura Organizacional: Como criar uma cultura vencedora e garantir o sucesso da sua empresa?

A Cultura Organizacional é constituída por padrões implícitos e explícitos de comportamentos adquiridos e transmitidos ao longo do tempo que constituem em uma característica própria de cada empresa. A Cultura impacta no cotidiano, pois influencia na tomada de decisões, atribuições de seus funcionários, processo de comunicação e na forma com que os colaboradores se comportam no ambiente de trabalho.

Os principais aspectos relacionados à Cultura são:

  • Regularidades comportamentais: a linguagem que os colaboradores usam, assim como seus costumes e tradições;
  • Normas do grupo: os padrões e valores que se desenvolvem em grupos de trabalho;
  • Valores: balizam claramente quais as prioridades que uma empresa costuma seguir;
  • Rituais e celebrações formais: maneira pela qual um grupo celebra eventos-chave que refletem valores importantes ou passagens importantes dos membros.
  • Significados compartilhados: entendimentos emergentes criados por membros do grupo à medida que interagem entre si;
  • Habilidades natas: competências especiais demonstradas pelos membros de um grupo.

A Cultura, porém, pode sofrer mudanças ao longo do tempo, mesmo que a organização resista a elas. Ela não se constitui em algo pronto, mas está em constante transformação de acordo com sua história e sua conjuntura.

Mas porque a Cultura é tão importante?

A resposta é simples: ela é a chave para o alto desempenho. Uma pesquisa da Bain & Company mostra que cerca de 70% dos empresários concordam que a cultura é a maior fonte de vantagens competitivas e mais de 80% deles acreditam que uma organização sem uma cultura voltada para o alto desempenho está fadada a mediocridade. Porém, apenas 10% das empresas conseguem criar uma cultura vencedora e, mesmo as que têm, possuem dificuldade de sustentá-la.

Para que as empresas utilizem a cultura a favor do seu sucesso, elas devem ter uma personalidade única. Assim, precisam desenvolver seis tipos de comportamentos de alto desempenho:

  • Paixão e comprometimento: os funcionários de uma organização devem, primeiramente, gostar do que fazem. Assim, precisam ter orgulho do trabalho e enxergar a importância de sua atividade, estando concentrado em um propósito maior.
  • Trabalho em equipe: a equipe deve trabalhar de forma que seus integrantes saibam exatamente o que a outra está fazendo. Dessa forma, suas ideias e seus esforços são direcionados para um objetivo comum. Toda a equipe, portanto, é responsável pelo sucesso de uma tarefa bem feita ou pelo fracasso de uma operação mal sucedida.
  • Foco na ação: os funcionários devem focar em fazer o necessário para atingir os melhores resultados,canalizando sempre na solução.
  • Postura de dono: significa “vestir a camisa” da empresa, vontade de cooperar, se doar e sentir, de fato, pertencente ao lugar que trabalha. É agir como se fosse dono, se responsabilizar pelos resultados e sendo apaixonado pelo que faz e como faz.
  • Foco externo: o foco está nas necessidades do cliente. Atender suas necessidades oferecendo soluções grandiosas é a chave para o alcance de objetivos e do alto desempenho da organização.

Gostou do artigo?

Deixe suas dúvidas nos comentários e te ajudaremos. Você pode também solicitar um diagnóstico e orçamentos gratuitos para um projeto de consultoria através do 1º Atendimento ou dos telefones (71) 3245-0757 e (71) 9 8604-0241.

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] exemplar? Entre em contato com a gente clicando aqui. Quer saber sobre Cultura Organizacional, clique aqui! Se seu interesse está em Lucro temos essa postagem aqui para […]

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *